<style type="text/css"> .wpb_animate_when_almost_visible { opacity: 1; }</style> Enap catalog › Details for: Gifted :
Normal view MARC view ISBD view

Gifted : the monolingualism of corporate social responsability

By: MORICEAU, Jean-Luc.
Contributor(s): GUERILLOT, Geraldine.
Material type: materialTypeLabelArticlePublisher: São Paulo : FGV, mar./abr. 2012Title translated: Gifted: o monolinguismo da responsabilidade social corporativa.Subject(s): Responsabilidade Social | VoluntariadoOnline resources: Acesso RAE Revista de Administra de Empresas 52, 2, p. 153-164Abstract: Ações de Responsabilidade Social Corporativa são normalmente retratadas como narrativas de histórias de sucesso. Um estudo quasi-etnográfico no Senegal fornece a oportunidade para questionar isso. Primeiro, uma doação de computadores de um país do norte é descrita com o enredo e vocabulário usuais. Posteriormente, uma visita ao depósito de lixo senegalês faz esta história balbuciar e levanta questões sobre o que lá acontece e como podemos conhecer e representa-lo (tanto como representação, quanto como voz). Um momento significativo em uma entrevista revela as ambiguidades de posicionamentos e as dificuldades de se expressar em outra linguagem. A linguagem RSC é descrita como um monolinguismo, impondo vocabulário e gramática para o que é dito e pensado. Este é um monolinguismo do outro (um sendo monolinguismo do outro). Algumas conseqüências de tal monolinguismo são examinadas, concluindo que há uma necessidade de ação quanto a essa linguagem única. Mais de uma linguagem é necessária para falar sobre RSC
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
No physical items for this record

Ações de Responsabilidade Social Corporativa são normalmente retratadas como narrativas de histórias de sucesso. Um estudo quasi-etnográfico no Senegal fornece a oportunidade para questionar isso. Primeiro, uma doação de computadores de um país do norte é descrita com o enredo e vocabulário usuais. Posteriormente, uma visita ao depósito de lixo senegalês faz esta história balbuciar e levanta questões sobre o que lá acontece e como podemos conhecer e representa-lo (tanto como representação, quanto como voz). Um momento significativo em uma entrevista revela as ambiguidades de posicionamentos e as dificuldades de se expressar em outra linguagem. A linguagem RSC é descrita como um monolinguismo, impondo vocabulário e gramática para o que é dito e pensado. Este é um monolinguismo do outro (um sendo monolinguismo do outro). Algumas conseqüências de tal monolinguismo são examinadas, concluindo que há uma necessidade de ação quanto a essa linguagem única. Mais de uma linguagem é necessária para falar sobre RSC

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

Escola Nacional de Administração Pública

Escola Nacional de Administração Pública

Endereços:

  • Biblioteca Graciliano Ramos - Campus Asa Sul
  • Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 19h
  • +55 61 2020-3139 / biblioteca@enap.gov.br
  • SPO Área Especial 2-A
  • CEP 70610-900 - Brasília/DF
  • Veja a localização no Google Maps
  • Biblioteca Campus Jardim
  • Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h45
  • +55 61 2020-3768 / biblioteca@enap.gov.br
  • Rodovia DF 001, Km 27,4 - SHIS - Lago Sul
  • CEP 71686-900 - Brasília/DF
  • Veja a localização no Google Maps
<

Powered by Koha