<style type="text/css"> .wpb_animate_when_almost_visible { opacity: 1; }</style> Enap catalog › Details for: O conselho de segurança, as missões de paz e o Brasil no mecanismo de segurança coletiva das Nações Unidas /
Normal view MARC view ISBD view

O conselho de segurança, as missões de paz e o Brasil no mecanismo de segurança coletiva das Nações Unidas / Eduardo Uziel

By: UZIEL,Eduardo.
Material type: materialTypeLabelBookSeries: Coleção CAE.Publisher: Brasília : Fundação Alexandre de Gusmão, 2015Edition: 2. ed.Description: 325 p.ISBN: 857631536x.Subject(s): Política Externa | Relações Internacionais | Serviço de Inteligência | Segurança Nacional | Organização Nações Unidas | Paz | ONU
Contents:
1. As Nações Unidas, a segurança coletiva e as operações de manutenção da paz 1.1. Introdução 1.2. Da carta à resolução Uniting for peace 1.3. A criação da UNEF e a inovação representada pelas missões de paz 1.4. As crises da década de 1960 e as missões de paz até o fim da Guerra Fria 1.5. A emergência das missões de paz como instrumento de segurança coletiva após 1988 1.6. O relatório Brahimi e seu significado 1.7. O novo "surto" de missões de paz e seus contribuintes de tropas 1.8. Debates, desafios e estratégias atuais 1.9. Conclusões preliminares 2. O Brasil e sua experiência nas operações de manutenção da paz 2.1. Introdução 2.2. A atuação brasileira de São Francisco a Suez 2.3. O caso e ressurgimento do ativismo brasileiro 2.4. As decisões brasileiras de enviar tropas para missões de paz 2.4.1. Moçambique- ONUMOZ 2.4.2. Angola- UNAVEM III 2.4.3. Timor-Leste- UNTAET (2000)/ UNMISET (2004) 2.4.4. Haiti- MINUSTAH 2.4.5. As forças multinacionais em Timor-Leste e na RDC 2.4.6. Contribuição para missões de paz 2.5. Situação atual e perspectivas 2.6. Conclusões preliminares 3. O processo decisório do Conselho de segurança e as operações de manutenção de paz 3.1. Introdução 3.2. Estrutura, procedimentos e métodos de trabalho 3.3. As decisões do CSNU e suas características 3.4. Membros permanentes e membros eletivos 3.5. Foros decisórios multilaterais- o caso do CSNU 3.6. Práticas e barganhas do CSNU em relação às operações de manutenção de paz 3.7. O papel do Secretariado e dos grupos de amigos 3.8. As decisões do Conselho de Segurança e as missões de paz-casos exemplares 3.9. Perspectivas e conclusões preliminares 4. O Brasil, o Conselho de Segurança e as operações de manutenção da paz 4.1. Introdução 4.2. A experiência dos últimos biênios e a condição de membro eletivo do CSNU 4.3. O biênio 2004-2005 e a política do Brasil no Conselho de Segurança 4.4. O Brasil como membro do Conselho e as operações de manutenção da paz 4.5. O Brasil e a estruturação de missões de paz 4.5.1. Timor- Leste- UNMISET (2004) E UNMIT (2006) 4.5.2. Haiti- MINUSTAH (2004-2007) 4.5.3. Guiné- Bussau- UNOGBIS (2004-2008) 4.6. O conselho de segurança, as missões de paz e as perspectivas para o Brasil 4.7. Conclusões preliminares
List(s) this item appears in: Pesquisa Camila
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Collection Call number Copy number Status Date due Barcode
Livro Geral Biblioteca Graciliano Ramos
Livro Geral 4.18 U99c (Browse shelf) ex. 1 Indisponível 2018-0281

1. As Nações Unidas, a segurança coletiva e as operações de manutenção da paz 1.1. Introdução 1.2. Da carta à resolução Uniting for peace 1.3. A criação da UNEF e a inovação representada pelas missões de paz 1.4. As crises da década de 1960 e as missões de paz até o fim da Guerra Fria 1.5. A emergência das missões de paz como instrumento de segurança coletiva após 1988 1.6. O relatório Brahimi e seu significado 1.7. O novo "surto" de missões de paz e seus contribuintes de tropas 1.8. Debates, desafios e estratégias atuais 1.9. Conclusões preliminares 2. O Brasil e sua experiência nas operações de manutenção da paz 2.1. Introdução 2.2. A atuação brasileira de São Francisco a Suez 2.3. O caso e ressurgimento do ativismo brasileiro 2.4. As decisões brasileiras de enviar tropas para missões de paz 2.4.1. Moçambique- ONUMOZ 2.4.2. Angola- UNAVEM III 2.4.3. Timor-Leste- UNTAET (2000)/ UNMISET (2004) 2.4.4. Haiti- MINUSTAH 2.4.5. As forças multinacionais em Timor-Leste e na RDC 2.4.6. Contribuição para missões de paz 2.5. Situação atual e perspectivas 2.6. Conclusões preliminares 3. O processo decisório do Conselho de segurança e as operações de manutenção de paz 3.1. Introdução 3.2. Estrutura, procedimentos e métodos de trabalho 3.3. As decisões do CSNU e suas características 3.4. Membros permanentes e membros eletivos 3.5. Foros decisórios multilaterais- o caso do CSNU 3.6. Práticas e barganhas do CSNU em relação às operações de manutenção de paz 3.7. O papel do Secretariado e dos grupos de amigos 3.8. As decisões do Conselho de Segurança e as missões de paz-casos exemplares 3.9. Perspectivas e conclusões preliminares 4. O Brasil, o Conselho de Segurança e as operações de manutenção da paz 4.1. Introdução 4.2. A experiência dos últimos biênios e a condição de membro eletivo do CSNU 4.3. O biênio 2004-2005 e a política do Brasil no Conselho de Segurança 4.4. O Brasil como membro do Conselho e as operações de manutenção da paz 4.5. O Brasil e a estruturação de missões de paz 4.5.1. Timor- Leste- UNMISET (2004) E UNMIT (2006) 4.5.2. Haiti- MINUSTAH (2004-2007) 4.5.3. Guiné- Bussau- UNOGBIS (2004-2008) 4.6. O conselho de segurança, as missões de paz e as perspectivas para o Brasil 4.7. Conclusões preliminares

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

Escola Nacional de Administração Pública

Escola Nacional de Administração Pública

Endereço:

  • Biblioteca Graciliano Ramos
  • Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 19h
  • +55 61 2020-3139 / biblioteca@enap.gov.br
  • SPO Área Especial 2-A
  • CEP 70610-900 - Brasília/DF
<

Powered by Koha